top of page
Buscar

Após pressão do vereador darcy junior, prefeito pausa por 90 dias a aplicação de multas por câmera

Após notícias de que as câmeras de vídeo monitoramento da Serra estariam sendo utilizadas para a aplicação de multas, o Vereador Darcy Junior iniciou uma batalha contra o que tem sido chamado de indústria das multas. O vereador protocolou na Câmara Municipal o Projeto de Lei 211/2023 para proibir a aplicação de multas com este instrumento.


O Assunto foi palco de grande repercussão, quando na última segunda-feira (03) foi colocado em votação o pedido de urgência especial do Projeto. O pedido entrou em pauta e contou com os votos contrários de 12 vereadores e favorável de apenas 6, o que não garantiu a aprovação do regime de urgência. A rejeição do pedido revoltou ainda mais a população, que se sente lesada pela iniciativa, obrigando a prefeitura e vereadores da base do prefeito a mostrarem iniciativas.


Após essa pressão, o Secretário de Defesa Social foi convidado para prestar esclarecimentos na Câmara Municipal da Serra. Após a repercussão nas redes sociais, alguns vereadores mudaram o posicionamento e se mostraram contrários a aplicação das multas, sendo sugerido a paralisação de imediato para iniciar um período educacional.


O Prefeito Sérgio Vidigal não resistiu a pressão liderada por Darcy Junior e Pablo Muribeca e anunciou no mesmo dia que iria suspender temporariamente a aplicação de multas a partir do sistema de videomonitoramento.










0 comentário

Comentarios


bottom of page